Blue man

Ora andava eu a pintar uma janela que tenho no telhado (quem me ver lá em cima pensa que estou a dormir só ando lá deitado), já estava a anoitecer e eu quase a acabar quando entorno a lata de tinta pelas telhas….como vêm a minha mão saí de la pronto para tocar no Blue Man Group, ninguém ia notar diferença. E com isto começo a chamar nomes bonitos à tinta, às telhas e a mim, mas não resultou a tinta não saiu de lá, mudei a maneira que estava a pensar e pintei as telhas borradas todas de azul, e não é que até ficou bonito? Aposto que não há nenhum telhado com telhas azuis nesta terra. Isto foi algo simples, mas “nós não estamos aqui para esperar que a tempestade passe, mas para aprendermos a dançar mesmo a chover”, e é sempre mais fácil falar ou escrever do que viver, mas podemos marcar a diferença nas coisas pequenas, é por isso que ‘um sorriso vale mais que mil palavras. PS.Ainda tenho as unhas meio azuis. #smile

Anúncios

About Paulo Tomé

Gestor comercial e estudante. #thanks. And then tomorrow, thanks again.

Posted on 28 de Março de 2012, in Dream Words. Bookmark the permalink. 2 comentários.

  1. “a dança da chuva” … belo texto 🙂

  2. Obrigado Raquel 🙂
    O teu também está muito bom mas andas meio baldas :p

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: